domingo, 18 de abril de 2010


Na selvageria do vendaval, oh borboletas, oh flores, vivam
Uma ilusão que floresce junto com a primavera eterna Mesmo que meu corpo esteja manchado pela pureza turva
Por favor, acredite nas feridas do meu coração
Oh mãe, algum dia, eu irei
Ser premiado com honra

Andando pela trilha dos animais, oh leões, oh tigres, rujam
O lado mais distante do céu brilhante é um lugar esplêndido
A juventude que batalha baseada em nobres intenções
Se transforma belamente diante desta era transitória
Oh pai, algum dia eu irei
Superar a mim mesmo
A sinceridade deste mundo de valores está logo ali

Um comentário:

  1. gostei bastante do blogg quando tiver melhor leio td por aqui ^^

    ResponderExcluir